A Herdeira - Kiera Cass

By Isabela Landim - 17:40


A Seleção
A Elite
A Escolha
A Herdeira

  Quando comecei a ler A Herdeira, achei que a estória iria se iniciar e terminar no mesmo livro, agora fico  feliz que não.

 A Seleção foi sucesso total para os pais de Maxon, também o foi para Maxon, e porque não seria para Eadlyn? Depois de um longo período de paz, pequenas revoltas voltam a acontecer em Iléa e tudo indica que a monarquia corre perigo. Para tentar conseguir mais tempo e uma solução eficaz, dá-se inicio a uma nova Seleção, onde a futura Rainha escolherá seu Príncipe Consorte, talvez mesmo contra sua vontade.

 O que mais chama atenção na história é que Eadlyn, filha de America e Maxon não é aquela princesa dos contos de fadas, toda perfeita e apaixonante, pelo contrário, ela é tudo o que imaginamos que uma princesa de verdade seria: mimada. Ela é aquela personagem que pode, e sabe que pode, tanto que o seu mantra é  "Nenhuma pessoa é tão poderosa quanto você".  Eadlyn é dura, fria e intransponível, inatingível, está acima de meros mortais e não quer casar.


" Era engraçado que eu tivesse aprendido um monte de técnicas de desarme para entrevistas e negociações, mas precisava aprender sozinha a lidar com garotos."

 Por outro lado é interessantíssimo saber que fim levaram os velhos personagens e onde eles se encaixam na história, embora  pudessem ser melhor explorados. Maxon é o único dos remanescentes que realmente andam pela trama, mas America, aquela Amarica ousada e indecisa, aquela que nós amávamos desapareceu (talvez por medo da escritora de acrescentar muito dela e deiza-la mais interessante do que a princesa). Alguém que só lesse " A Herdeira" não sentiria falta dos três livros que o antecedem.

" Você tem um emprego, como qualquer outra pessoa. Pare de agir como se ser rainha fizesse de você alguém melhor ou pior que os outros."

 Ter uma nova Seleção, e agora no comando de uma mulher é uma coisa ainda mais única, nós passamos do ponto de vista da "Selecionada" para o da "Selecionadora" e não se engane que estar do outro lado é mais fácil, e pelo contrário! Eadlyn terá de suportar não só o peso de uma Seleção normal, mas o peso da primeira Seleção feita por uma mulher e tudo o que isso significa, inclusive preconceito.

 Preparem-se pois Kiera Cass mais uma vez, não decepciona.

A fotinho no meu insta @isylandim


 Alguns dos 35 garotos do harém de  Eadlyn são realmente adoráveis e não me importaria de me casar com Kile ( filho de Marlee e Carter) amanha mesmo! Sabia que ele era o meu favorito antes mesmo de a Seleção começar. E a família que America e Maxon construíram é adorável, Ahren, o irmão gêmeo de Eadlyn é adoravel e um exemplo de moralidade, embora... ( leiam o livro curiosos. Kaden, com apenas 14 anos é um gênio da diplomacia, e é claro Osten é um demônio versão miniatura.



  • Share:

You Might Also Like

2 comentários

  1. Oi, Isy! Eu ainda não li nenhum livro da série, acredita? Tenho "A seleção" desde 2013 aqui em casa, mas garanto que dessas férias não passa! hahaha Vou devorar! Minha irmã e minha madrinha leram e elas realmente amaram! Estou louca para conseguir ler! haha <3 Beijos <3 http://gostosdeadolescentes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Isa! Leia "A Seleção", é ótimo e você não vai se arrepender, hah, e assim que ler me diz o que achou viu!

      XOXO

      Excluir